segunda-feira, 8 de novembro de 2010

amores cruzados

Ele disse:
-eu te amo e ninguém nunca vai te amar como eu.
E aquilo se concretizou, como praga. Ninguém mais me amou como ele.
O amor dele até hoje está lá intacto.
Eu saí pro mundo.
Fui de outros.
Ele ainda me espera, de braços abertos.
It's so funny.
Porque eu também disse:
-eu te amo e ninguém nunca vai te amar como eu.
Eu disse! Mas não pra ele.
E isso é bem engraçado.
Qual o sentido disso?
Pra que insistir em amar quem não é digno desse amor?
É tão fácil descomplicar. So easy.
Por que tem que ser assim?

don't copy written by: Jehnny Medley Neco

4 comentários:

  1. Oi. gostei do blog, estou seguindo.. Muito bom o seus posts ! Tenho um blog e lá coloquei o seu na lista de recomendações, para que meus leitores vejam os seus textos :) beijos e parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Acho tão bonita a forma como escreves, tem a simplicidade que gosto e que procuro colocar nos meus textos também. Tem um presentinho pra você lá no Molhe-se,espero que goste. Beeejo,beeejo. :)

    ResponderExcluir
  3. Seu cantinho é lindo amei o mudo como escreves já te sigo!

    ResponderExcluir
  4. Gosto da forma como escreve. Tá de parabéns!
    Um beijo.

    ResponderExcluir