terça-feira, 11 de janeiro de 2011

only girl

Marcamos de nos encontrar numa choperia e, desde então, não consigo deixar de pensar na sua forma pura e simples de encarar a vida. Tivemos uma noite extremamente divertida, regada aos prazeres etílicos e desejos da carne. Não era nenhum enigma, pelo contrário, era uma pessoa transparente, calma e tímida... o que era um charme ! Estava sempre me olhando nos olhos, quase sempre sorrindo. De vez em quando fazia uma careta (fofa) ao degustar a vodka com algumas gotas de limão. O desejo de observar cada detalhe seu era incontrolável! Mas não posso chamar essa pessoa de minha... ainda. Sim, odeio admitir que encontrei o que eu mais procuro, entretanto, minha procura não me pertence! Tudo bem, eu espero! Depois, quiçá, talvez enfim possamos ser um só. Gostaria de conviver sempre com seu sorriso e sua pele, de tamanha perfeição e brancura. Sei que seria estúpido de minha parte dizer que não tenho palavras pra descrever o que sua presença me faz sentir, mas é tão vasto, tão verdadeiro e intenso! É uma vontade de ser alguém melhor pra ela por ela!


'Eu gosto de quando eu canto pros amores do passado... Mas primeiro se canta pro amor do presente.'
Martinho da Vila


Jehnny Medley Neco

6 comentários:

  1. Se essa pessoa ler isso.. será sua. *o*
    Perfeito o texto e a fto *.*

    ResponderExcluir
  2. Que texto lindo!
    Boa sorte, se apaixonar é sempre bom!
    :D

    ResponderExcluir
  3. mew seus textos me encantam muito!

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Jehnny! Primeiramente quero agradecer sua visita em meu blog, fico muito feliz em saber que realmente alguém leu e criticou meu conto, obrigada. Que texto fofo, sim!

    ResponderExcluir
  5. Que luxo..
    Adorei#
    Xerinho minha flor!

    www.lojazart.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Tudo smp muito lindo, tudo sempre muito colorido. Tudo smp muito Jehnny, e eu sou fã.

    ResponderExcluir