quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

desordem

E o que eu faço com essa montanha-russa de sentimentos?
Nesta imensidão de sentimentalidades, nesta extensão de teimosas utopias, só posso me definir como: intensa.
Quero tanta coisa mas quero agora. Tenho pressa. Toda ânsia toma conta do meu ser. Quero tudo. Quero já. 
Eu não tenho absolutamente nada para oferecer a alguém, exceto minha própria confusão e desordem.


don't copy written by: Jehnny Medley Neco


5 comentários:

  1. Que belo escrito.
    Adoro Oswaldo *----*
    Parabéns pelo blog lindo

    ResponderExcluir
  2. Que belo escrito. 2
    Ficou muito lindo mesmo, o segundo que eu mais amei do seu blog :D:D

    ResponderExcluir
  3. Nossa Jehnny! Que lindo! Amei a última frase, tão minha no momento. *-*
    Tem 2 selos pra vc lá no Molhe-se :)
    Passa lá. Beeejo,beeejo.

    ResponderExcluir